Eu sei que lá no fundo

Há tanta beleza no mundo
Eu só queria enxergar

As tardes de domingo
O dia me sorrindo
Eu só queria enxergar

Qualquer coisa pra domar
O peito em fogo
Algo pra justificar
Uma vida morna
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando com você

Não esqueço aquela esquina
A graça da menina
Eu só queria enxergar

Por isso eu me entrego
À um imediatismo cego
Pronta pro mundo acabar
Você acredita no depois?
Prefiro o agora
Se no fim formos só nós dois
Que seja lá fora

O mundo acaba hoje e eu estarei dançando
O mundo acaba hoje e eu estarei dançando com você

            O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

            A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

           Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

           Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

          Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido."

(O Último discurso, do filme O Grande Ditador)



-Charles Chaplin

           Ser psicólogo é uma imensa responsabilidade.
          Não apenas isso, é também uma notável dádiva. Desenvolvemos o dom de usar a palavra, o olhar, as nossas expressões, e até mesmo o silêncio. O dom de tirar lá de dentro o melhor que temospara cuidar, fortalecer, compreender, aliviar.
          Ser psicólogo é um ofício tremendamente sério. Mas não apenas isso, é também um grande privilégio. Pois não há maior que o de tocar no que há de mais precioso e sagrado em um ser humano: seu segredo,seu medo, suas alegrias, prazeres e inquietações.

          Mesmo com conhecimento trememos diante da constatação de que temos instrumentos capazes de favorecer o bem ou o mal, a construção ou a destruição. Mas ao lado disso desfrutamos de uma inefável bênçãoque é poder dar a alguém o toque, a chave que pode abrir portas para a realização de seus mais caros e íntimos sonhos.

          Quero, como psicólogo aprender a ouvir sem julgar, ver sem me escandalizar, e sempre acreditar no bem. Mesmo na contra-esperança, esperar. E quando falar, ter consciência do peso da minha palavra, do conselho, da minha sinalização. Que as lágrimas que diante de mim rolarem, pensamentos, declarações e esperanças testemunhadas, sejam segredos que me acompanhem até o fim. 

         E que eu possa ao final ser agradecido pelo privilégio deter vivido para ajudar as pessoas a serem mais felizes. O privilégio de tantas vezes ter sido único na vida de alguém que não tinha com quem contar para dividir sua solidão, sua angústia, seus desejos. Alguém que sonhava ser mais feliz, e pôde comigo descobrir que isso só começa quando a gente consegue realmente se conhecer e se aceitar.

Quando a lua apareceu
Ninguém sonhava mais do que eu
Já era tarde
Mas a noite é uma criança distraída
Depois que eu envelhecer
Ninguém precisa mais me dizer
Como é estranho ser humano
Nessas horas de partida
É o fim da picada
Depois da estrada começa
Uma grande avenida
No fim da avenida
Existe uma chance, uma sorte
Uma nova saída
São coisas da vida
E a gente se olha, e não sabe
Se vai ou se fica
Qual é a moral?
Qual vai ser o final
Dessa história?
Eu não tenho nada pra dizer
Por isso eu digo
Que eu não tenho muito o que perder
Por isso jogo
Eu não tenho hora pra morrer
Por isso sonho

            Sentimento triste esse do coração que não é correspondido, simplesmente um aperto e lágrimas escorrendo em meu rosto cansado e triste por algo que não está em suas mãos... E agora?
            Viver isso agora vale apena? Quanta tristeza, quanta insegurança, quanta mentira... Onde foi parar minha confiança minha liberdade minha paz... Minhas costas doem... meu sorriso forçado e triste para tentar disfarçar algo para uma sociedade hipócrita que esta tudo bem, acho que no final das contas eu que sou hipócrita pois vou chorar trancado no banheiro escondendo o medo e a vergonha de mostrar meus sentimentos para quem não iria entender... E agora?
Irei me afastar de tudo isso,  mesmo que me custe muita dor e tristeza. Já esta doendo não poderá mais que isso, espero. Certos amigos irão estranhar minhas escolhas... mas por favor tentem compreender e se possível ajudar... Sinto-me cansado, confuso, perdido... E agora?
            Fugir adianta? Acho que cheguei ao estremo do que era começo e fim, não posso mais prolongar essa dor, não posso mais fingir que não doí... não posso mais continuar a lutar contra minha sombra...
            Lembrei-me que a muito tempo não vou à igreja, apenas não gosto de sentar-se e ouvir a ladainha do padre, porém nunca esqueci as rezas, acho que neste momento irei fazer isso, rezar um pouco, pedir alivio e paz de algo que eu mesmo insisto em levar comigo... Quando eu me darei conta que isso não vale a pena... Mas quando mesmo percebo estou lá novamente cometendo os mesmos erros... Doí muito... doí tanto... queria que passasse... Por favor...

          O que temos e o que fazemos quando chegamos a cruzar a fronteira do medo, da tristeza do nada...            Tudo se resolve, tudo se explica, todas as respostas são ditas, mas persiste a insegurança.
          Chorar, gritar não adianta mais, nunca adiantou, então não perco mais meu tempo com isso.
          Depois de tantas coisas sentidas, começa a surgir uma força desconhecida, uma força que me faz levantar a cabeça e dizer pra mim mesmo "estou só começando" e são nessas palavras que me reergo e sacudo a poeira da queda e começo a ver novamente a estrada que antes seguia. Mas, o que acontece agora? O que mudou? O que estou seguindo...
          Sinto passos firmes, um sorriso cansado porém sincero, ombros fortes para suportar mais do esta por vir, e um olhar mais apurado para enxergar além do horizonte.
          Não faço ideia do que significa tudo isso, alias, tudo o que mesmo?
          Cresci? Acredito que não, pois ainda doí...
          Amadureci? Quem sabe, as feridas fecham e deixam as cicatrizes para nos fazerem lembrar dos nossos erros, logo só os cometerei novamente se realmente for incapaz de não ter aprendido a lição... Dizem que depois das cicatrizes vem os calos para amortecer os mesmos erros cometidos... Por que as vezes é tão doce se perder e se ferir? É preciso saber se desvencilhar das magoas e das tristezas, não posso me acostumar com elas e pior, achar que elas me ajudam a ser feliz. Tudo ilusão.
         Começar uma nova página dessa jornada louca que entrei sem querer, mas que não deixei de viver isso nenhum momento.
        Novas mudanças, novas posturas, novas ações! Sou capaz disso, eu sei que sim e você também sabe!

        Ficar bem nem sempre deixa outras opções. É estranho quando as coisas simplesmente têm de terminar. É o estágio onde todos os sentimentos já evoluíram para um nada. É o nada que você optou para parar de sentir dor. No início você briga, chora, faz drama mexicano. Então percebe que é cansativo demais manter esse jeito de levar as coisas. Acostuma-se... Não que pare de doer, mas que cai no seu entendimento que às vezes perdemos algo e não há solução, ou algo que nunca tivemos de fato... No fim você coloca um sorriso no rosto e finge que é sincero, até que a vida o faça realmente ser, e tenho certeza que será. Talvez os amores eternos sejam amenos e os intensos, passageiros. É isso... Se vamos ser amigo... quem sabe? Se isso agora me importa... não mais... desculpa. 

Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer...
Seja feliz, sempre!


Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

-William Shakespeare

        Complicado as coisas que acontecem, alias quem foi que disse que viver é fácil? Sempre existiram as perguntas e poucas respostas, sempre existiram as desventuras que possamos esta presente, o fato é até que ponto estamos preparados para viver tudo isso? O que nos define como fortes? Saber fazer as escolhas corretas nem sempre nos garante a tal da felicidade que tantos almejam, o que nos resta é saber superar cada conflito mesmo que ele se torne dolorido... Essa ciranda louca que vivemos nos remete a situações que nunca imaginamos participar, porém já que fui puxado pra roda vamos fazer ela girar...

        Pensando um pouco sobre meus atos e decisões como a imaginar o que realmente é ser feliz e o que estou fazendo realmente para alcançar essa felicidade...
Primeira situação...
1 - Estar com quem você gosta e se sente bem?
2 - Estar com alguém que você deseja e realmente quer ver feliz?
3 - Fazer de tudo para que isso se torne realidade e tentar viver ao máximo tudo aquilo que você sonha para alcançar essa tal de felicidade.
        Porém... sempre existem os poréns... uma relação é feita por duas pessoas e somente as duas pessoas, juntas, é quem podem buscar a tão sonhada felicidade... respondendo as perguntas.
Estar ao lado de alguém que você gosta isso é fundamental, mas será que a outra pessoa esta realmente preparada para também gostar de estar ao seu lado...
        Desejar a felicidade para alguém pode ser conflituoso, principalmente quando você nota que não será você capaz de doar essa felicidade, triste isso...
        Tentar viver algo que não esta em suas mãos decidir é viver uma ilusão... triste pensar assim, realmente chega a querer se enganar e dizer que estamos felizes quando na verdade nossos corações batem em frequências diferentes e por pessoas diferentes...
        Gosto de uma pessoa... mas essa não gosta da mesma forma e intensidade, ela tem estima, carinho, respeito, sentimentos recíprocos por quem nutre algo de bom e tenta demonstrar da mesma forma, mas é só isso, querer se enganar que os dois realmente sentem as mesmas emoções é querer se iludir e pior viver algo em vão. Não o culpo por ele ser atormentado por fantasmas que simplesmente não o deixa bater suas asas e procurar sua felicidade, afinal todos temos o livre arbítrio para isso, se ele não faz isso porque diz que o ama... então onde foi que o amor se perdeu nessa história? O amor é realmente sofrer por alguém que não se permite fazer o outro feliz?  O que é o amor? Só sei que tentar viver isso doí.... doí muito, por sinal. Ainda somos meros leigos na caminhada da vida...
Segunda Situação...
1 - Permitir-me ser feliz com alguém que percebo que tem uma estima por mim.
2 - Saber fazer as escolhas corretas mesmo que deixe o lado emocional de lado é sábio?
3 - Não machucar quem não tem nada haver com a história é fundamental, questão de respeito pelo outro.
       Essa segunda pessoa surgiu como uma luz no fim do túnel, quando eu pensava que tudo havia se desmanchado e destruído, eis que surge uma pessoa que me estende a mão e sorrir dizendo que me quer ver feliz. Ai sim percebi que este estava completo, que estava proposto em seguir com algo que realmente sempre sonhei estava com desejo de me fazer feliz.
Situação complicada essa minha... Gosto de uma pessoa que não voa mais, que tem as asas podadas e esta acorrentado ao chão, temo que de lá nunca saia. Me doí ver isso, tanto que o meu desejo é vê-lo feliz, mas estou fadado ao fracasso e minha felicidade não será correspondida... Porém gosto dele...
       Já o outro, com a alma limpa, coração completo, abraço caloroso e sorriso no rosto me desejando a felicidade... Será que eu conseguirei, desse jeito que estou, correspondê-lo como ele me deseja?
Considerações finais se eu poder ajudar quem for preciso a se livrar de seus fantasmas sempre o farei, mesmo que isso me custe lágrimas e dor... Nunca machucar ninguém, exceto a mim mesmo, por motivos de sentimentos, logo so entrarei em algo em que eu realmente poder dançar conforme a música. Se terminarei sozinho no final dessa épica história de novela mexicana, não sei... sei que eu ainda continuo em busca dessa tal de felicidade... Ela pode esta em minhas mãos e eu nem a notar, como poder esta bem distante e eu ainda não a conheça... Só me resta viver.

Nunca esquecerei dos seus beijos...
Nunca esquecerei do seu carinho...
Nunca esquecerei seu cheiro.. sua pele... sua voz...
Nunca esquecerei do seu sorriso tímido...
Nunca esquecerei da sua forma de me olhar...
Nunca esquecerei das vezes que dormimos juntos...
Nunca esquecerei nossa caminhada de mãos dadas na praia pela noite...
Nunca esquecerei do nosso filme que assistimos juntos, "Você pula eu pulo"
Nunca esquecerei dos momentos inesquecíveis que tive com você...

         Foi rápido... foi intenso... foi sincero...
        Desejo-te toda paz e felicidade do mundo, pois você é uma boa pessoa e merece. Espero que um dia se liberte dessas correntes que te prende e tortura que apenas te faz andar em círculos eternos em busca de algo que sempre esteve em suas mãos.

       Não foi dessa vez que tive meus sentimentos reconhecidos, resta-me agora esperar a dor passar... consertar minhas asas feridas e voar mais uma vez... procurando sorrir, sempre, afinal é necessário ainda acreditar que esses sentimentos terão valor para alguém especial. Alguém sem medos e receios de ser feliz, que olhe para o mesmo horizonte e consiga enxergar mais além...

      Desejo-te tudo de bom... paz e felicidades, por favor sorria pois esse sempre foi o meu maior desejo para você... soltamos as mãos... então é hora de seguirmos caminhos diferentes...
Perdoe-me por não ter conseguido alcançar seu coração...

       Você segura minha mão sinto o calor e a segurança que podemos ir além de qualquer coisa... Sei que você deseja nunca mais soltar...
       Em seus olhos percebo a verdade que me é transmitida pelo simples pestanejar... Gosto de te ver dormir em meus braços e te fazer carinho.
       Em seu peito sinto bater forte o pulsar de desejos que vão além de suas vontades, todas elas confirmam o quanto você me gosta e me dá a segurança que preciso.
       Em seus lábios vejo um sorriso simples e carinhoso me cativa e me quieta... lábios estes com tais qualidades que me renderam e me apaixonou...


Ei! sabia que quero te fazer feliz?
Que te adoro muito por você ser assim.
Que te ver sorrindo me faz bem...
Que penso em você constantemente...
Te dizer que desde ontem voltei a sorrir só por estar ao seu lado... 
Que você me faz bem e quero te fazer também...
Te adoro...



"Ser profundamente amado por alguém nos dá força; amar alguém profundamente nos dá coragem e você já se tornou especial..."

        Na hora de cantar todo mundo enche o peito nas boates, nos bares, levanta os braços, sorri e dispara: 'eu sou de ninguém', eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também. No entanto, passado o efeito do uísque com energético e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração ´tribalista´ se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição. 
        A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu. Não dá, infelizmente, para ficar somente com a cereja do bolo - beijar de língua, namorar e não ser de ninguém. Para comer a cereja é preciso comer o bolo todo e nele, os ingredientes vão além do descompromisso, como: não receber o famoso telefonema no dia seguinte, não saber se está namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa, não se importar se o outro estiver beijando outra, etc, etc, etc. 
       Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas e a troca de cumplicidade, carinho e amor. 
       Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter alguém para amar... Somos livres para optarmos! E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento...


        Procurando inspiração nesta madrugada, paro e penso nele, logo sorrio. Estou bem? Estou feliz?  Digo sim para as duas últimas interrogações, até quando? Isso já não sei. O que sei é que quero levar esse sorriso por mais tempo possível, isso é o que desejo para mim e para ele.
Como posso lidar com seu jeito de agir, sua forma de pensar, suas atitudes? Agarro-me ao que sinto e ao que percebo, simples assim, aprender novas lições é sempre válido, exercitar minha paciência é algo incomum ainda, prefiro deixa-la de lado, mas sigo pois estou feliz.
        Ainda é tão cedo, ainda é tão incerto, ainda é tão tão... O que temos em comum? Lhes digo! O desejo de amar e ser amado, falo por mim e pelo que sinto dele. E precisa de mais alguma coisa para se começar um namoro?
        Eu e minha mania de ir contra as regras... as pessoas diziam "não vá!" "não perca seu tempo" "ele é o que você esta vendo na página" Mas, algo dentro de mim gritava mais alto dizendo que eu só saberia realmente se eu o conhecesse pessoalmente... e fui... e olha que bela surpresa eu tive.
       Vi em seus olhos a expressão de alguém que estava querendo se entregar mas temia muito essa idéia talvez por ter sofrido antes. Eu o compreendo de todas as formas, afinal não podemos entregar nossos sentimentos para qualquer um que bate em nossa porta. Percebi também que ele tem um enorme coração, sua maneira de ser, sua postura defensiva para quase tudo, seu jeito carinhoso (mesmo não assumindo) de tratar as pessoas me cativou e me rendeu.
       Ele esta se tornando, a cada dia, uma pessoa especial para mim e da mesma forma esta ocupando maior espaço em meu coração. Vejo em seus olhos algo sincero que me diz que podemos dar certo... e em meu peito começo a sentir um aperto que a muito tempo não sentia... Bom sinal isso! Meu corpo se alterar por alguém isso é raro.
       Pode ser que amanhã ele acorde não mais com os mesmos desejos, pode ser que seja apenas um breve sonho... Mas eu irei até o fim, mesmo que me machuque, mesmo que só me reste lágrimas, mesmo que eu sinta dor no final, porém saberei que vivi o que desejei. Estou me permitindo a trilhar esse caminho, pois é nele que estou sorrindo agora e também quero fazê-lo sorrir sempre ao meu lado. Só precisamos nos permitir que tudo dará certo. Então, por favor segure na minha mão e vamos em frente estamos só começando...

Ainda que me derrubem por meio de decepções, traições, inveja,... eu sempre vou encontrar forças nos momentos menos oportunos; e estas serão a mola propulsora para me reerguer. Agradeço aos que um dia me proporcionaram a possibilidade de constatar minha capacidade de superação, a eles resta apenas o tempo e o questionamento se farão o mesmo. 
       


       Ei, bb. Como vc tá? Espero que bem. Bom, não pude te ligar mais cedo. Hj fui pra casa da minha tia, almoçar lá com minha mãe e irmã.
       Agradeço a atenção que vc teve para comigo a qual observei ontem em todos os momentos. Estou bem melhor hoje do que ontem.
       Sabe, fazia tempo que eu não tinha alguém que se preocupava tanto e demonstrou tanta atenção e afeto em tão pouco tempo. 
É de fato muito bom saber que existem pessoas como vc.
       Sabe, Gustavo... na verdade eu também escrevo pq posso me expressar melhor e não corro risco de não deixar de falar nada, de esquecer nada. Como havíamos conversado, eu e vc ficamos bastante feridos e decepcionados após os nossos últimos relacionamentos.
       Entretanto, seguimos mesmo assim. Mas preciso ser sincero com você, pois entendo que sempre fomos assim e devemos continuar.
      Não é segredo que tanto eu quanto vc nos sentimos bem na presença do outro. Contudo, ultimamente não tenho me sentido seguro de que gostaria de ter um novo relacionamento. E o carinho que tenho para com sua pessoa começou a se revelar como carinho de amigo.
      Amigo que se importa e gosta de outro amigo. Entende? Não se explicar ao certo como isso se transformou ou mesmo afirmar se sempre 
foi assim e talvez eu não percebesse. Sei que no tempo que nos conhecemos, eu estava bem carente. Acho que os 2 estavam, na verdade.
      Bom, eu também estava com expectativas sobre tudo isso, sobre nós 2, sobre o amanhã. Mas confesso que sempre tive esse pé atrás (acho que vc percebia) uma vez que me magoei muito e tenho certeza que as feridas ainda não cicatrizaram como até então eu 
supunha. No entanto, não quero que entenda que isso tem haver com vc, pelo contrário, é algo somente relacionado a mim entende?? Eu 

gostaria de poder dizer que iria ignorar isso e iria seguir sem me importar. Mas não vou fazer isso com vc. Acho que vc pode e deve ir ao encontro de alguém sem nóias ou aflições. Vc é tão jovem, tem tanto a fazer, pessoas a conhecer, enfim, vários anos ainda ainda.
      Eu quero que fique claro que esse tempo foi MARAVILHOSO. E talvez eu me arrependa mais na frente, provavelmente. Mas é o que me parece certo agora: ser sincero com alguém que me foi tão atencioso e afetuoso. E se venho a colocar as coisas agora dessa forma, foi pq senti que nosso momento estava começando a ficar sério. Eu não tenho condições de me envolver com ninguém agora. Mas queria a sua amizade, iria ser muito proveitoso poder estar do seu lado desse jeito.
      Espero que não me deteste ou me despreze por isso, meu querido. Saiba que jamais o farei. Mas mesmo assim, irei entender vc caso o faça. E os seus motivos. Vamo deixar a poeira baixar. Vamos ficar na nossa. Mas se quiser conversar sobre isso, vou estar aqui. Saiba que respeito vc demais e guardo um carinho muito grande por vc,bb. =)


                                                                                                   Agradeço por vc ser tão especial, 2010

      
        Recebi por email essa mensagem, depois disso fiquei triste, me senti estranho, e finalmente entendi e acima de tudo aprendi. Estou bem, estou super feliz por ter aprendido essa lição... mesmo tendo sido da pior forma. Muitos meses depois do ocorrido ele me liga, perguntando como eu estava, se eu guardava alguma mágoa e quando poderia vê-lo...  Irônico essas coisas da vida, tento entender todas as partes do que acontece e no fim entendi que estava sendo bobo querendo seguir em algo que não iria mesmo dar certo. Senti-me feliz e livre quando aprendi a lição que "nunca devo ser dependente emocional de ninguém", que minha felicidade dependeria primeiramente de mim e quando eu me sentir bem e seguro comigo mesmo eu estaria preparado para entrar em um relacionamento sólido e sem frustrações e assim, finalmente, fazer alguém feliz. 
     Hoje, praticamente não temos nenhum contato, não devido o ocorrido, talvez seja pela indiferença que existia ou que passou a existir.
     Estou bem, aprendi muito com tudo isso.
     No telefone quando ele perguntou se eu estava bem eu apenas sorri...
 ele entendeu tudo, estava preparado para seguir em frente, para ter algo, porém não mais com ele... 

       Basta um olhar... Quando estiver em dificuldade e pensar em desistir OLHE PARA TRÁS e lembre-se dos obstáculos que já superou. Se tropeçar e cair, levante-se... Não fique prostrado, OLHE PARA FRENTE e esqueça o passado. Ao sentir-se orgulhoso por alguma realização pessoal, OLHE PARA DENTRO e sonde suas motivações. Antes que o egoísmo o domine, enquanto seu coração é sensível OLHE PARA OS LADOS e socorra aos que o cercam. Na escalada rumo às altas posições no afã de concretizar seus sonhos, OLHE PARA BAIXO e observe se não está pisando em alguém. Em todos os momentos da vida, seja qual for sua atividade, OLHE PARA CIMA e busque a aprovação de Deus.

        Existe uma diversidade de céus construídos pelas pessoas.
Tem gente que constrói um céu tão claro, que só se consegue olhar para os próprios pés.
Tem gente que constrói um céu tão baixo, que não consegue pensar em como não se curvar para conseguir andar.
Tem gente que constrói um céu tão alto, que passa a vida inteira tentando construir asas e não percebe as correntes que lhe prendem ao chão.
Eu particularmente gosto de céus bem largos, com gosto e cheiro de chuva, com nuvens grandes desenhadas pelo vento.
       Confesso que às vezes tem trovoadas, mas nada que seja tão aterrorizante quanto a possibilidade de ficar aqui para sempre.

"Harmonia se opera com diversidade. Sintonia é sinfonia. São inúmeros os instrumentos tocando as mesmas canções. Não deixemos que a nossa ideia tirana de concerto acabe desconcertando os outros; a humanidade restante. Tal tirania pode prejudicar, fatalmente, o belo e grande show da vida."

          Acordei cedo, contemplei o nascer do sol, o céu azul da manhã... respirei fundo e senti uma paz... foi algo realmente mágico, comecei a refletir sobre várias coisas, sobre a vida... sobre mim... e percebi que precisava realizar algumas mudanças, estava na hora de por em prática algumas lições que a vida me ensinou e seguir meu caminho, eu preciso realmente começar a ver a vida como estava vendo nesta manhã, com paz.

Preciso encerrar alguns ciclos que eu teimo em persistir...
Preciso pensar menos e agir mais...
Preciso saber lidar melhor com as várias situações que a vida me impõe...
Preciso fazer mais vezes a barba para não parecer tão velho e cansado...
Preciso cuidar melhor do meu corpo e alma, frequentar uma academia e participar de uma ong...
Preciso ir mais à praia...
Preciso saber expor minhas opiniões e idéias...
Preciso viajar mais para conhecer outros horizontes...
Preciso parar de pensar um pouco nos outros e pensar um pouco mais em mim, nos meus desejos...
Preciso me desconectar de alguns coisas do passado e olhar para o futuro...
Preciso arrumar meu apartamento, já passou da hora de eu ter meu próprio espaço e privacidade...
Preciso voltar à faculdade, mas dessa vez fazer algo que realmente goste para não cometer o mesmo erro do passado...
Preciso sorrir mais...
Preciso abraçar mais quem esta sempre ao meu lado, familiares e amigos...
Preciso mudar de atitude e começar a administrar melhor minha vida...
Preciso fazer tudo isso realmente funcionar...

         Percebi que todos nós possuímos uma forte luz que irradia paz a todos que nos cercam, como também existem outros que vivem  a sugar essa luz dos outros. Não deixarei que minha luz se ofusque devido os falsos, mentirosos e cínicos de espírito... Desculpa mas não vou mais olhar pra trás e me lamentar do que não foi vivido... Preciso ser mais eu, preciso mudar...

"Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto,
Mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz
para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém
também pensa em mim quando fecha os olhos,
que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas
renúncias e loucuras, alguém me valoriza
pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,
que abusa demais dos bons sentimentos
que a vida proporciona,
que dê valor ao que realmente importa,
que é meu sentimento...e não brinque com ele."

                                                                                 -Mario Quintana



Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
Caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
Pode ser cruel a eternidade
Eu ando em frente por sentir vontade

Eu quis te convencer, mas chega de insistir
Caberá ao nosso amor o que há de vir
Pode ser a eternidade má
Caminho em frente pra sentir saudade

Paper clips and crayons in my bed
Everybody thinks that I'm sad
I'll take a ride in melodies and bees and birds
Will hear my words
Will be both us and you and them together

'Cause I can forget about myself
Trying to be everybody else
I feel allright that we can go away
And please my day
I let you stay with me if you surrender

Eu quis te conhecer mas tenho que aceitar
(I can forget about myself
Trying to be everybody else)
Caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
(I feel all right that we can go away)
Pode ser a eternidade má
(And please my day)
Eu ando sempre pra sentir vontade.
(I'll let you stay with me if you surrender)
Você ainda é minha rosa unica...

Quem um dia decidiu que o mundo estava errado?
Quem viu o sol brilhar mas preferiu ficar deitado?
Quem nunca sentiu medo e abraçou o travesseiro?
Quem fez compromissos e não saiu o dia inteiro?
Quem estava gripado mas bebeu água gelada?
Quem acordou tarde porque deitou de madrugada?
Quem teve um segredo e não conseguiu guardar?
Quem gostava de uma música que não sabia cantar?
Quem recebeu um abraço na hora da despedida?
Quem já prometeu amar alguém pro resto da vida?
Quem pensou numa rima e inventou uma canção?
Quem já perdeu um amor e entrou em depressão?
Quem se trancou no quarto e chorou até dormir?
Quem nunca se sentiu feliz, mas não deixou de sorrir...
Cansado de pessoas rasas que não conhecem e nem reconhecem o valor dos sentimentos bons...

          Você está sozinho. Você e a torcida do Flamengo. Em frente a tevê, devora dois pacotes de Doritos enquanto espera o telefone tocar. Bem que podia ser hoje, bem que podia ser agora, um amor novinho em folha.

          Trimmm! É sua mãe, quem mais poderia ser? Amor nenhum faz chamadas por telepatia. Amor não atende com hora marcada. Ele pode chegar antes do esperado e encontrar você numa fase galinha, sem disposição para relacionamentos sérios. Ele passa batido e você nem aí. Ou pode chegar tarde demais e encontrar você desiludido da vida, desconfiado, cheio de olheiras. O amor dá meia-volta, volver. Por que o amor nunca chega na hora certa?

         Agora, por exemplo, que você está de banho tomado e camisa jeans. Agora que você está empregado, lavou o carro e está com grana para um cinema. Agora que você pintou o apartamento, ganhou um porta-retrato e começou a gostar de jazz. Agora que você está com o coração às moscas e morrendo de frio.

         O amor aparece quando menos se espera e de onde menos se imagina. Você passa uma festa inteira hipnotizado por alguém que nem lhe enxerga, e mal repara em outro alguém que só tem olhos pra você. Ou então fica arrasado porque não foi pra praia no final de semana. Toda a sua turma está lá, azarando-se uns aos outros. Sentindo-se um ET perdido na cidade grande, você busca refúgio numa locadora de vídeo, sem prever que ali mesmo, na locadora, irá encontrar a pessoa que dará sentido a sua vida. O amor é que nem tesourinha de unhas, nunca está onde a gente pensa.

       O jeito é direcionar o radar para norte, sul, leste e oeste. Seu amor pode estar no corredor de um supermercado, pode estar impaciente na fila de um banco, pode estar pechinchando numa livraria, pode estar cantarolando sozinho dentro de um carro. Pode estar aqui mesmo, no computador, dando o maior mole. O amor está em todos os lugares, você que não procura direito.

       A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir "eu te amo" num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir "eu te amo" numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.

-Martha Medeiros



Eu vejo que aprendi
O quanto te ensinei
E é nos teus braços que ele vai saber
Não há por que voltar
Não penso em te seguir
Não quero mais a tua insensatez
O que fazes sem pensar aprendeste do olhar
E das palavras que guardei pra ti

Não penso em me vingar
Não sou assim
A tua insegurança era por mim
Não basta o compromisso,
Vale mais o coração
Já que não me entendes, não me julgues
Não me tentes
O que sabes fazer agora
Veio tudo de nossas horas
Eu não minto, eu não sou assim

Ninguém sabia e ninguém viu
Que eu estava a teu lado então
Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser
Sou Deus, tua Deusa, meu amor

Alguma coisa aconteceu
Do ventre nasce um novo coração

Não penso em me vingar (nã nã nã não)
Não sou assim
A tua insegurança era por mim
Não basta o compromisso
Vale mais o coração
Ninguém sabia e ninguém viu
Que eu estava ao teu lado então

Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser
Sou Deus, tua deusa, meu amor

Baby, baby, baby, baby
Yeah!

O que fazes por sonhar
É o mundo que virá, pra ti.. para mim...
Vamos descobrir o mundo juntos, baby
Quero aprender com o teu pequeno grande coração
Meu amor, meu amor...
Baby...
                                                                                                         -Renato Russo

          Como tem escrito em um livro de contos que ganhei na minha infância "Tudo esta bem quando acaba bem".
          Antes sentia dor, insegurança, medo, falta de confiança, mas depois de tudo percebi que me sentia assim pois as coisas não estavam bem e que eu não tinha totalmente culpa em estar dessa maneira, então resolvi saber de tudo... Vamos aos tristes fatos..
          Eu confiei, eu acredito que amei, tenho absoluta certeza que me doei e me dediquei, porém em uma tarde você me diz que vai à casa de uma amiga e que por lá seu celular não iria funcionar, nesse exato momento senti algo dentro de mim gritando, me dizendo que tinha algo errado que você iria agir por impulso e depois iria se arrepender. Passei a tarde inteira mal, dai resolvi ligar, foi então que ao atender percebi sua voz diferente, percebi que temia algo, que não queria demonstrar algo, percebi que você estava me evitando... Continuei me sentindo triste e mal naquela tarde até que resolvo te ligar mais uma vez e dessa vez você não atendeu... Não sabia mais o que pensar, eu estava me achando um idiota devido aquela situação toda, porém essa coisa dentro de mim gritava e apertava forte me dizendo que não tinha nada bem. Tentei ficar tranquilo, era o mínimo que eu poderia fazer, e quando foi de noite tornei a ligar mais uma vez, porém foi atendido, mas senti a mesma recusa de antes e quando te perguntei se eu poderia te ligar quando chegasse do trabalho você respondeu "Não, me ligue amanhã". Eu percebi tudo, ou pelo menos senti tudo... Com poucos minutos da minha chegada ao trabalho recebo uma mensagem dizendo "estou em casa, vou tomar banho e dormir, caso você me ligar e não atender será porquê dormi". Mais uma vez o meu sensor "estranho" gritou dizendo que era uma grande mentira, enfim.
         Na manhã seguinte o meu telefone toca e como se nada tivesse acontecido, ele diz que tinha saido cedo e apressado de casa, acabou pegando o ônibus, mas já estava voltando novamente pois esqueceu a carteira... meu sensor estranho gritou mais uma vez que era mentira com isso falei tudo que estava pensando, porém você não assumiu seus atos...
Mais tarde converso com um "grande amigo" dele, e pergunto se aquela pessoa tinha dormido em casa... Depois de um longo dialogo o amigo finalmente responde "Não, mas ele me pediu para não te contar... e ele foi encontrar o antigo namorado".
         Decidi naquele momento que ele iria escolher, decidi ainda perguntar pra ele se ele ocultou alguma verdade pra mim nesses dois dias, lhe dando uma chance de se explicar, mas ele simplesmente sustentou a conversa de que dormiu em casa... foi ai que, finalmente, percebi o tipo de pessoa que eu iria colocar meus sonhos e sentimentos nas mãos... uma pessoa que mente, engana e não tem coragem nem de assumir seus próprios atos, triste.
Mesmo assim, fui paciente procurei ouvir até o fim toda a verdade depois de desmascarada, finalmente, e ele me confessou que estava se sentido em dúvida entre mim e o outro, que por sinal só lhe fez sofrer e nunca gostou de verdade, e que foi procurá-lo para acabar com esse sentimento. Percebi que sua dúvida entre o carinho, afeto e atenção que eu dava por dor, tristeza e desprezo que outro dava... triste isso.
          Vamos agora aos fatos que de uma certa forma consegui transformar em algo bom. Percebi que ele já estava magoado, machucado do seu antigo relacionamento e que nunca ele iria amar alguém pois esse amor nem ele mesmo sentia para sí. Dai resolvi que eu deveria estender a mão e tentar procurar ajudar essa pessoa que carrega dores antigas e que se ver sempre mergulhando e mais e mais problemas e pessoas e nunca se deixa respirar... Eu senti que deveria tentar dar uma direção. Eu também não estava bem, mas consegui transformar a dor dos sentimentos magoados por sentimentos de bondade foi ai que comecei a conforta-lo deixando as coisas em seu devido lugar, tentando fazê-lo entender que o mundo é bem mais que tudo aquilo que ele estava vivendo e sofrendo...
          Sabe, hoje ele me disse que esta se livrando dessa dor e dos sentimentos por pessoas que não o dão valor, me senti bem, pois eu percebi que mesmo não recebendo as coisas que eu doei, eu consegui ser maior e ainda me sobrou mais amor, carinho e afeto para doar para quem iria sofrer mais. Hoje sei que ele esta arrependido de não me ter como companheiro, mas eu, sempre que for possível, irei ajuda-lo com conselhos e tentando ao máximo encaminha-lo para um caminho bom. Espero que ele tenha aprendido o valor da verdade, o valor das pessoas o valor dos sentimentos e da honestidade.
          Sinto-me leve, com uma paz no coração, pois eu sei que apesar de tudo eu não fiz nada de errado, fui vítima. Eu tinha todos os motivos do mundo para ter ódio, rancor, magoas, mas isso não iria me atribuir em nada como pessoa, e para provar que meus sentimentos eram verdadeiros e bons eu os transformei em coisas boas e doei novamente.
          Hoje ele ganha um amigo, vou tentar ajudar a superar suas dificuldade e torcer que consiga seus sonhos realizar, pois esse é o que desejo para todos.

          Vá placidamente por entre o barulho e a pressa e lembre-se da paz que pode haver no silêncio.
Tanto quanto possível sem capitular, esteja de bem com todas as pessoas.
Fale a sua verdade calma e claramente e escute os outros, mesmo os estúpidos e ignorantes; também eles têm a sua história.
Evite pessoas barulhentas e agressivas, elas são tormentos para o espírito.
Se você se comparar aos outros pode tornar-se vaidoso e amargo, porque sempre haverá pessoas superiores e inferiores a você.
Desfrute suas conquistas assim como seus planos.
Mantenha-se interessado em sua própria carreira, mesmo que humilde; é o que realmente se possui na sorte incerta dos tempos.
Exercite a cautela nos negócios porque o mundo é cheio de artifícios. Mas não deixe que isso o torne cego à virtude que existe.


        Muitas pessoas lutam por altas idéias e por toda parte a vida é cheia de heroísmo.
Seja você mesmo, não finja afeição nem seja cínico sobre o amor, porque em face de toda aridez e desencadeamento ele é perene como a grama.
Aceite gentilmente o conselho dos anos, renunciando com benevolência as coisas da juventude.
Cultive a força do espírito para proteger-se num infortúnio inesperado, mas não se desgaste com os temores imaginários; muitos medos nascem da fadiga e da solidão.
Acima de uma benéfica disciplina seja bondoso consigo mesmo.
Você é filho do universo, não menos que as árvores e as estrelas; você tem o direito de estar aqui.
E que seja claro ou não para você, sem dúvida o universo se desenrola como deveria.
Portanto, esteja em paz com Deus, qualquer que seja sua forma de concebê-lo. E sejam quais forem sua lida e suas aspirações na barulhenta confusão da vida, mantenha-se em paz com a alma.
Com todos os enganos, penas e sonhos desfeitos, este é ainda um mundo maravilhoso. Esteja atento.

-Willian Shakspeare

          Já experimentei a lágrima da solidão, a dor da decepção, a alegria da ilusão... Já conheci a felicidade e descobri que era mentira, já menti pra mim mesmo, só para esconder aquela lágrima teimosa que insistia em estar em meu rosto demonstrando toda a minha tristeza... Já fui feliz, mas descobri que desse sentimento eu era ainda um mero aprendiz... Não sou poeta, posso me basear em outras histórias para saber como descrever a minha, sou humano e tenho vontade de ser sempre melhor, e portanto, eu sempre erro, mas eu me corrijo e me aflijo quando não encontro nas pessoas o perdão... Esqueço... Fica pra trás... Amor para mim, é fazer feliz... Perdoar, seguir em frente, entregar sem medos, todos os meus sentimentos... Não temo a morte, um dia eu sei que ela virá e eu nada poderei fazer... O que eu posso fazer é viver! Viver bem! Sou quem conhece o arrependimento alheio... Eu avisei... Hoje eu não tenho nada com quem sente ódio injusto de mim... É problema dessas pessoas... Sei que posso fazer milhares de coisas e simplesmente elas não agradarem todos ao meu redor... Já passei dias tentando me matar... Passei noites tentando amar... Passei longos momentos, intensos instantes tentando mudar... Consegui! Um pouco ao menos... Já senti o frio de uma ou outra doença... Já senti o calor de alguém que dizia que iria pra sempre me amar... Depois senti o inverso, escrevi versos, chorei, fiz muito por muito pouco, consegui me libertar... Amores não são comuns, o que é comum é o verdadeiro jeito de amar, sei que toda pessoa que ama é capaz de mostrar realmente o amor, confiança, amizade, carinho, lealdade, fidelidade, paixão, carisma, eu poderia ficar citando muitas coisas importante, mas são coisas básicas de que todo ser humano necessita ter em sua vida quando se gosta de alguém. E como amores não são comuns, eu também, não sou comum... Eu sei buscar, lutar, implorar, ajoelhar, chorar. Já amei, sorri, chorei, perdi até o amor próprio... Mas em muito tempo estou reconstruindo esse meu amor próprio, não apenas com o amor, mas com suor, lágrimas, pra ele conseguir ter paredes fortes, janelas arejadas, onde a coragem de amar flui levemente sempre. 
          Tenho certeza que sempre tentei fazer tudo por todo mundo que eu podia, fui educado. Na memória das pessoas em que passei na vida, ficarei. E acreditem, por mais que evitem, um bem jamais se apaga. E eu sei o que fiz! Você sabe o que diz! Pena que mente, não sente! Mas eu não posso me importar todos os dias com pessoas que realmente esqueceram o que é o amor e passaram a fazer coisas opostas ao que se diz respeito. Meu coração é forte, é capaz! Cada oportunidade que lhes foi dada será cobrada... Traição é um punhal que eu não quero na minha mão! Trair é mentir, enganar, não perdoar, mal desejar, ferir, desprezar, humilhar, julgar, condenar, destruir quem te ama... Para os fortes que moram em castelos de sentimentos, isso passa, esquece e cessa... Enfim, sei que um dia posso mudar e rever todos esses meus conceitos, mas até o momento esse sou eu que me conheço de tal maneira a me fazer continuar firme e forte, tentando sempre ser muito feliz, esperando essa dor passar... 


"Bem, agora eu morri, vamos ver se eu renasço de novo..."
-Clarice Lispector 

Sobre o Blog...

Aqui, irei compartilhar segredos, temores e anseios que possuo. Por que escrever? Para que eu possa falar sobre coisas que não podem ser ditas nem explicadas por palavras,mas podem serem transmitidas e interpretadas através da escrita, sobre fatos que me ocorreram, verdades não explicadas, coisas não entendidas, tudo o que me faça se sentir um pouco mais "eu" no final das contas.

Autor...

Minha foto
Por motivos de privacidade e discrição podem me chamar de Gustavo. Contato: gustabr155@gmail.com

Seguidores

GustaBr155. Tecnologia do Blogger.

Mais Lidos

Visitante de N°